"No Limiar do Jardim"

 

MARGS, 2019

Curadoria André Venzon

A exposição No Limiar do Jardim não pretende mostrar um percurso artístico ou uma trajetória de vida, mas a fronteira existente entre uma experiência vital, de uma vivência não acadêmica, e uma concepção artística que se afirma na consolidação de seu trabalho. Assim como é necessário retornar às origens para entender o processo, muitas vezes também é preciso desconstruir para entender o mecanismo da construção, a consciência do memento mori para a compreensão do sentido da vida. Como toda criação enseja uma mudança, uma identidade na qual tudo se repete e nada mais é o mesmo, com as mesmas características e significados, dessa forma também é o jardim, a ideia de retorno ao Éden, o lugar que nos originou e nos aguarda. 

Na mídia

Zero Hora 15.10.2019
press to zoom
Zero Hora 14.09.2019
press to zoom
Zero Hora 16.11.2019
press to zoom
press to zoom
Correio do Povo 14.10.2019
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/1